contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Parlamentares cobram explicações sobre obras paradas em Foz Nesta quarta-feira, 28, comissão especial constatou o abandono da trincheira da BR-277

Nesta quarta-feira, 28, comissão especial constatou o abandono da trincheira da BR-277


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Vereadores que formam a comissão especial com a finalidade de apurar, acompanhar e fiscalizar as obras previstas dos Governos Federal, Estadual e Municipal, que estão paralisadas ou em situação de atraso, fizeram nesta quarta-feira, 28, uma vistoria nas obras de construção da trincheira da BR 277 com a Avenida Paraná. As obras estão paralisadas desde o final do ano passado, sem previsão de retorno dos trabalhos.

Foto: CMFI
Vereadores estiveram na Trincheira da BR -277 na manhã de ontem e constataram o abandono da obra

A Comissão Especial, formada pelos vereadores Gessani (PP), Nilton Bobato (PC do B), Luiz Queiroga (DEM) e Anice Gazzaoui (PT), instituída em dezembro do ano passado, através da portaria 267/2014, iniciaram os trabalhos de 2015 solicitando uma série de explicações aos Governos do Estado, Federação e Município sobre obras até então paralisadas, como a de duplicação da BR 277, da UNILA, da trincheira, de algumas unidades básicas de saúde e dos CMEIs.

Na visita realizada pelos vereadores manhã de ontem, ficou comprovado o abandono da obra. E, através do registro fotográfico e com o material produzido pela imprensa, a comissão deve encaminhar uma denúncia ao Ministério Público Federal e ao Estadual, solicitando apoio no intuito de notificar os Governos Federal e Estadual para que retomem os trabalhos e/ou as renegociações com urgência.

“O caos gerado pela paralisação desta obra já atingiu patamares incalculáveis. Precisamos mobilizar a sociedade civil organizada e nós como autoridades municipais, juntos, devemos cobrar providências dos órgãos responsáveis para que esta obra retome na maior brevidade possível”, disse o vereador Nilton Bobato, ao destacar também que o “jogo de empurra – empurra” deve acabar.

“Temos que parar com esse joguinho de interesses. O estado diz que não recebeu a verba do Governo Federal. Por sua vez, o Governo Federal diz que todos os procedimentos já foram feitos para que o estado dê reinício aos trabalhos de conclusão da trincheira. Isso é um absurdo!”, relatou Bobato.

A Comissão Especial dará início a um trabalho de mobilização social e deverá convocar os responsáveis pela obra para prestarem esclarecimentos. “Vamos convidar o Ministério Público Federal e o Estadual para que participem conosco dos trabalhos de esclarecimentos e com isso, trabalhando em conjunto, buscaremos uma solução imediata para o caos em que se transformou a trincheira da BR 277”, disse o vereador Luiz Queiroga ao relatar os trabalhos da comissão.

Demais vistorias – A Comissão irá atuar em diversas obras que estão paralisadas em Foz do Iguaçu. Segundo os vereadores, obras como a da UNILA, Postos de Saúde e CMEIs, serão vistoriadas e explicações serão solicitadas. “Não podemos mais esperar acontecer. Estamos vivendo momentos de estagnação social em nossa cidade.

Estamos vendo esta obra da trincheira não prosperar, as obras de construção da UNILA também estão paralisadas. Precisamos cobrar das autoridades responsáveis uma explicação satisfatória, porque quem nos cobra é a população iguaçuense, e nada mais justo, como nós somos os representantes do povo, cobrarmos explicações para o povo”, disse o vereador Gessani da Silva, membro da comissão.

Os parlamentares iniciarão também os trabalhos de fiscalização em obras que estão sendo realizadas pelo Governo do Município de Foz do Iguaçu. Segundo a vereadora Anice Gazzaoui, o trabalho da comissão é poder levar ao conhecimento da população iguaçuense a transparência dos atos públicos. “Vamos acompanhar todos os trabalhos para que possamos respaldar a população sobre o que está acontecendo. A nossa missão, na verdade, é tomar conhecimento do andamento dos fatos, uma vez que somos nós, vereadores, que contribuímos para que os projetos de liberação de recursos para a construção destas obras cheguem ao destino, que é o prestador de serviço”, disse Anice ao destacar também que “é o nosso dever fiscalizar e legislar”, finalizou.

A comissão retoma os trabalhos oficialmente na próxima semana, dia 2 de fevereiro, e em reunião entre os integrantes novos procedimentos serão adotados.    

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz