contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

PF faz operação para combater crimes na Prefeitura de Foz Ação aconteceu na manhã desta terça-feira, 19

Ação aconteceu na manhã desta terça-feira, 19


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã, 19, a “OPERAÇÃO PECÚLIO”, com o objetivo de desarticular um grupo de pessoas voltadas para a prática de crimes contra a Administração Pública do Município de Foz do Iguaçu, especialmente no que concerne a processos licitatórios municipais envolvendo verbas públicas federais, com a finalidade de obtenção de vantagens indevidas.

Cerca de 250 Policiais Federais, 23 da Receita Federal e 14 da Controladoria Geral da União, (CGU), cumprem 4 mandados de prisão preventiva, 10 mandados de prisão temporária, 19 conduções coercitivas e 51 mandados de busca e apreensão em residências dos investigados, órgãos públicos e em empresas supostamente ligadas à organização criminosa.

A OPERAÇÃO PECÚLIO iniciou-se há dois anos, mediante inquéritos policiais instaurados pela Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu. A partir da análise dos elementos coletados no curso das investigações, foi possível constatar a existência de fortes indícios de ingerências de gestores do município, de forma direta e indireta, em empresas contratadas para prestação de serviços e realização de obras junto à Administração Municipal, para as quais foram direcionadas quantias milionárias de recursos públicos federais (PAC e outros), bem como em empresas contratadas para prestar serviços ao Sistema Único de Saúde – SUS.

Os mandados judiciais foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região em Porto Alegre/RS e pela Justiça Federal em Foz do Iguaçu, após pareceres do Ministério Público Federal.

Os investigados responderão pelos crimes de peculato, corrupção passiva e corrupção ativa, prevaricação, crimes à lei de licitações e organização criminosa. Se condenados os envolvidos podem pegar penas de mais de vinte anos de prisão.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz