contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Por aumento da cota, Governo do PR promete ir a Brasília Em entrevista ao Futsal na Web, o Secretário do Esporte e Turismo, Diego Gurgacz, disse que o Governador determinou que a pasta acompanhe o caso com atenção

Em entrevista ao Futsal na Web, o Secretário do Esporte e Turismo, Diego Gurgacz, disse que o Governador determinou que a pasta acompanhe o caso com atenção


Por: Garon Piceli

Publicado em:

A discussão em torno da cota de compras no exterior por via terrestre pode levar o Governador do Estado a encabeçar uma comitiva tripartite para discutir o caso em Brasília. A informação foi dada pelo Secretário do Esporte e Turismo do Paraná, Diego Gurgacz, em entrevista concedida ao Portal Futsal na Web, no último sábado.

Gurgacz disse que, assim que surgiu a notícia da redução da cota, Beto Richa determinou que a pasta busque mais informações junto ao Governo Federal e acompanhe de perto as negociações. Segundo o secretário, o Governador considera a formação de uma comitiva para discutir o caso em Brasília. “Se isso realmente acontecer isso, o próprio Governador se dispôs a ir pessoalmente a Brasília, juntamente com representantes do Paraguai, da Argentina e representantes da Tríplice Fronteira, para conversar. Em vez de reduzir, precisamos aumentar”, disse o Secretário.

Diego Gurgacz disse, ainda, que está acompanhando o caso com cautela e espera algumas definições para saber quais as reais intenções da medida.

O caso – Na semana passada, a tríplice fronteira foi surpreendida por uma norma da Receita Federal, que reduzia a cota de compras isenta de impostos no Paraguai e na Argentina de US$ 300 para US$ 150. Depois da pressão feita pela comunidade política e de representantes do turismo, o Governo Federal interviu e a cota de 300 dólares foi mantida até julho do ano que vem.

A discussão surge no momento em que o trade turístico de Foz apresenta estudos que mostram que a elevação dessa cota para 500 dólares favoreceria em muito a economia da região. Segundo representantes do trade, a região não pode pensar apenas em uma solução para Foz. “Nós estamos numa região que compreende três cidades que funcionam como uma só. Logo, temos de buscar soluções que contemplem os três lados”, declarou Gilmar Piolla, representante do Fundo Iguaçu.

Veja a entrevista na íntegra, do portal Futsal na Web: 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Curso de Porcelanato Liquido

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz