contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Prefeitura de Foz do Iguaçu renova contrato com a Pró-Saúde Acordo com empresa que administra o Hospital Municipal será mantido por mais dois meses, até que se adote um novo modelo

Acordo com empresa que administra o Hospital Municipal será mantido por mais dois meses, até que se adote um novo modelo


Por:

Publicado em:

A Pró-Saúde – Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, que administra o hospital municipal Germano Lauck, em Foz do Iguaçu, vai seguir prestando atendimento na unidade até junho deste ano. O contrato que venceria, no próximo dia 18 de abril, foi prorrogado por mais dois meses. A decisão foi tomada na reunião do Conselho Municipal de Saúde – Comus. Durante esse período uma comissão formada por representantes do conselho, da secretaria da Saúde, irá analisar um modelo de gestão para o hospital.
 

Foto: Divulgação
Contrato com a Pró-Saúde, que administra o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, é renovado por mais dois meses

Além do fim do contrato com a Pró-Saúde, que está à frente do hospital há três anos, o município enfrenta outra dificuldade. Uma ação civil pública do Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Estadual determina a rescisão de contrato com a organização social e o desligamento dos funcionários que não são concursados. Um acordo realizado com a antiga gestão da prefeitura com o Ministério Público do Trabalho suspendeu por seis meses essa ação.

A administração do hospital requer uma solução rápida e eficiente. Entre as propostas já levantadas pelo município está o da criação de uma fundação, que assumiria de forma independente a administração do hospital municipal. A Pró-Saúde, conta hoje com cerca de 700 funcionários entre médicos, enfermeiros, auxiliares e assistentes. O hospital Germano Lauck  realiza hoje um atendimento regionalizado, bem como também recebe cidadãos fronteiriços (paraguaios e argentinos), e ainda, alunos e familiares da Unila procedentes de outros países, que buscam atendimento e o hospital é obrigado a prestar o serviço em  cumprimento  do Protocolo Sócio Laboral do Mercosul.

Com a assinatura do aditivo do contrato com a Pró-Saúde, por mais dois meses, foram suspensas as demissões e a assinatura dos avisos prévios pelos funcionários da associação. A expectativa é que no prazo de um mês seja possível ter uma solução para administração do hospital. Isso porque o município enfrentará dificuldades para assumir esse serviço, que é bastante complexo e exige um processo seletivo para contratação de funcionários em todas as áreas. 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz