contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Prefeitura retoma administração do Laboratório Municipal Segundo Chico Brasileiro, “a medida visa o aproveitamento dos 22 funcionários que são todos concursados e especializados

Segundo Chico Brasileiro, “a medida visa o aproveitamento dos 22 funcionários que são todos concursados e especializados


Por: Garon Piceli

Publicado em:

O secretário de Saúde de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, anunciou na terça-feira (30), pela manhã, que a administração do Laboratório Municipal passa novamente a responsabilidade do município, o que acontece já a partir de quarta-feira (1). O laboratório estava sendo gerenciado pela Organização Social (OS) que administra o Hospital Municipal (HM).  
 

Segundo Chico Brasileiro, “a medida visa o aproveitamento dos 22 funcionários que são todos concursados e especializados. Outro objetivo é agilizar ainda mais os resultados dos exames para os usuários da estrutura da Rede Básica e Especializada do município”, disse o secretário. 
 

A decisão de Brasileiro foi tomada após avaliação das atividades do Laboratório Municipal, das implicações para o sistema e dos custos para o município. Com a contratação da OS, o laboratório passou a ficar à disposição também do HM, além de realizar parte dos exames solicitados pelos médicos da Atenção Básica e da Especializada.
 

Outros laboratórios particulares e credenciados também prestam serviços, no caso de exames, considerando a grande demanda da rede que é de pelo menos 55 mil exames/mês. O laboratório tem capacidade para realizar pelo menos 45 mil exames.
 

Explicou o secretário que agora o Laboratório Municipal passa a realizar exames para o Hospital Municipal, para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim das Palmeiras e do Morumbi, e para algumas US (unidades de saúde). O restante continua sendo realizado pela rede credenciada de laboratórios.
 

Segundo Brasileiro, “como a o laboratório trabalhava com prioridade para o hospital, passou a ocorrer demora nos resultados dos exames o que deixava usuários descontentes. Para alguns exames, a OS contratava outros serviços, inclusive fora do Estado, prática comum entre os laboratórios”.
 

Descentralização

 

A meta da Secretaria de Saúde é descentralizar os serviços de coleta, que deve ser realizado em alguns pontos estratégicos das regiões, o que já está sendo ajustado. E também acelerar a entrega dos exames. Logo que assumiu, o secretário já aumentou a cota de exames diários no PA do Morumbi I, que era de 15 pacientes/dia para 40 pacientes/dia.
 

Com esta medida, “o município economiza pelo menos R$ 60 mil/mês, o que era reduzido do contrato da Prefeitura com a OS. Estamos trabalhando para melhor atender os usuários do SUS. Com a descentralização das coletas os usuários não terão mais que se deslocar da sua região até o Laboratório, que fica na sede do CEM (Centro de Especialidades Médicas), na Avenida Paraná”, finalizou. 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz