contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Problemas dos políticos com idiomas


Por: Clickfoz

Publicado em:

Em qualquer parte do mundo a importância de falar uma segunda língua tomou uma proporção tão grande que, hoje em dia, as dificuldades são inúmeras para um profissional que só domina sua língua nativa. A situação se torna mais agravante quando se trata de profissionais que trabalham com política.

Os políticos, em geral, desde vereadores até presidentes, lidam diariamente com comunicações e precisam estar atualizados sobre os diferentes cenários administrativos ao seu redor, trabalhando com diplomacia, entre outros atributos. Ter o domínio de outro idioma aumenta o campo de oportunidades e as chances de realizar boas relações para a realização de negociações e projetos que beneficiem o desenvolvimento social. Segue abaixo os principais problemas que os políticos podem enfrentar por não saberem outro idioma.

1. Dificuldade de acesso à informações

Ter o conhecimento de um outro idioma, especialmente o inglês, que é a língua mais falada nas relações políticas internacionais, dará acesso a uma gama muito maior de informações, dados e estatísticas que podem ser úteis para o projeto político que está sendo realizado e de uma forma mais otimizada do que ficar dependendo de materiais traduzidos. É essencial para qualquer político se manter sempre atualizado e ter domínio de outros idiomas é o caminho certo para atingir este objetivo.

Sendo assim, uma ótima maneira de um político ou de quem quer seguir nesse mercado começar a dominar outros idiomas é através da https://preply.com/pt/inglês-por-skype, uma plataforma online completa e eficiente que conecta pessoas interessadas em aprender outras línguas com professores nativos experientes e qualificados, permitindo a realização de aulas através do Skype, o que facilita bastante a vida de pessoas que trabalham viajando e encontram dificuldades em comparecer em cursos presenciais. Além disso, trabalhando em uma área que possui uma agenda tão ocupada, com diversos compromissos sociais, nada melhor do que poder combinar diretamente com o seu professor os melhores horários para as aulas, sem prejudicar sua rotina de trabalho e desorganizar suas atividades.

2. Dificuldade em fazer política externa

O surgimento de excelentes oportunidades econômicas e sociais aumentam quando o político é capaz de lidar diretamente com lideranças internacionais e concretizar boas relações com elas. Claro que sempre pode se recorrer a um intérprete, o qual é um excelente recurso. No entanto, qualquer tipo de relação política envolve mais do que a fala. A linguagem corporal de quando se fala diretamente com alguém é mais ativa e espontânea do que quando uma pessoa está falando por você. Esses detalhes aparentemente pequenos aumentam as chances de concretizar um bom acordo internacional.

3. Dificuldade em lidar com outras culturas

Por melhor que seja o intérprete, ele não pode suprir lacunas que o político tenha da cultura com a qual precisa lidar. Conhecer outro idioma coloca você em contato com a cultura dos países falantes daquela língua; seus costumes, hábitos, estilo de vida e características sociais e econômicas. Isso evita diversos constrangimentos e situações embaraçosas, como falar uma palavra que pode soar ofensiva em outra cultura ou ainda não se portar adequadamente em algum evento social ou congresso internacional.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu
Logo do ClickFoz