contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Produção acumulada de Itaipu daria para abastecer o mundo por 37 dias Usina Hidrelétrica lidera o ranking entre as geradoras

Usina Hidrelétrica lidera o ranking entre as geradoras


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

A Itaipu Binacional chega ao final do ano com uma produção acumulada de 2,2 bilhões de megawatts-hora (MWh). Se a energia produzida por Itaipu pudesse ser armazenada, desde 1984, quando começou a operar, até hoje, esse volume seria suficiente para atender o consumo de energia elétrica de todo o planeta durante 37 dias.
 

Foto: Arquivo
Se toda esta energia abastecesse apenas a China, por exemplo, a energia de Itaipu duraria cinco meses

Nenhuma outra usina produziu tanto. No ranking das 12 maiores geradoras do mundo, Itaipu apareceu em primeiro lugar em produção acumulada. A lista leva em consideração empreendimentos que começaram a operar até mesmo antes da brasileiro-paraguaia.

Com essa produção acumulada de Itaipu, de 2,2 bilhões de MWh, seria possível abastecer a China, maior mercado consumidor de eletricidade do mundo, por cinco meses e nove dias; os Estados Unidos, por seis meses e 12 dias. O mercado brasileiro, por sua vez, teria energia por quatro anos e nove meses e 16 dias, enquanto seu parceiro no empreendimento, o Paraguai. seria atendido por 181 anos, três meses e 18 dias.

Em 2014, a Itaipu comemorou dois marcos importantes: os 40 anos de criação da entidade, em 17 de maio de 1974, e os 30 anos de geração, em 5 de maio de 1984. Efetivamente, a usina começou a gerar energia nove anos depois do início de suas obras.

Apesar de gerar menos do que em 2013, Itaipu atingiu em 2014 o melhor índice de eficiência operacional dos 30 anos, com 99,3%. Na prática, isso significa que a operação da usina, que tem o objetivo de maximizar a utilização da água (energia disponível), atendendo as demandas dos sistemas elétricos brasileiro e paraguaio, teve quase zero de perdas. Ou seja, da água que poderia ser turbinada, quase nada foi vertido em 2014. Tudo o que chegou de água turbinável foi usado na produção de energia.
 

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz