contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Programa ambiental desenvolvido por Itaipu é premiado em Brasília Até o momento, no programa Cultivando Água Boa, foram trabalhadas 127 microbacias, sendo que diversas já zeraram seus passivos ambientais, com medidas como a recomposição de matas ciliares

Até o momento, no programa Cultivando Água Boa, foram trabalhadas 127 microbacias, sendo que diversas já zeraram seus passivos ambientais, com medidas como a recomposição de matas ciliares


Por: Garon Piceli

Publicado em:

 O programa socioambiental Cultivando Água Boa (CAB), desenvolvido por Itaipu Binacional, venceu o Prêmio ANA 2010, na categoria Empresas, entregue na quarta-feira (1) em Brasília. A iniciativa, executada na região da Bacia Hidrográfica do Paraná 3, envolve um conjunto de 20 programas e 65 ações que reúne mais de 2 mil parceiros (desde de associações de bairro a ministérios do governo federal). A edição deste ano do prêmio recebeu a inscrições de 286 projetos, em todas as sete categorias – as outras são Ensino, Governo, Imprensa, ONG, Organismos de Bacia e Pesquisa e Inovação Tecnológica.

“O premio ANA 2010 é de todos nós que fazemos parte do Cultivando Água Boa. Uma conquista que homenageia nossos sonhos, nossa equipe, nosso trabalho, nossos parceiros e nossa comunidade da Bacia do Paraná 3”, afirmou o diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu, Nelton Friedrich. Na semana passada, o programa foi apresentado como modelo para a recuperação de passivos ambientais no Congresso Nacional do Meio Ambiente da Espanha (Conama 10), realizado em Madri.

Segundo Itaipu Binacional, as ações trabalham os diversos passivos ambientais desde as nascentes dos menores córregos até chegar aos rios principais. O grande diferencial do programa, explica Friedrich, está na mobilização comunitária. O Cultivando Água Boa é tocado por comitês gestores municipais, com ampla participação popular.

Até o momento, foram trabalhadas 127 microbacias, sendo que diversas já zeraram seus passivos ambientais, com medidas como a recomposição de matas ciliares, o monitoramento participativo (feito pela comunidade) da qualidade da água, a readequação de estradas rurais, a implantação de abastecedouros comunitários, a adoção de práticas agroecológicas, a coleta seletiva de lixo, entre outras.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz