Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Programa Social de Foz do Iguaçu pode fechar as portas Comitiva da aldeias infantis está na cidade para apoiar campanha da escola de pais

Comitiva da aldeias infantis está na cidade para apoiar campanha da escola de pais


Por: Assessoria

Publicado em:

A possibilidade de encerramento das atividades do programa Escola de Pais, mantido pela Aldeias Infantis SOS Brasil, em Foz do Iguaçu, trouxe à cidade uma comitiva composta por três representantes da entidade: Sandra Greco da Fonseca – gestora nacional da Aldeias Infantis SOS Brasil; Ângela Rosalez – gestora nacional das Aldeas Infantiles SOS Colômbia e Nádia Garrido – diretora de desenvolvimento de programas das Aldeias Infantis SOS para a América Latina e para o Caribe.Estão previstas: reuniões, visitas a moradores e participações em Rodas de Conversa para presenciar o apoio prestado pela equipe técnica às famílias atendidas. A agenda de compromissos começou nesta quarta, 05, com a apresentação do programa realizado em Foz do Iguaçu – único no país e segue até sexta-feira, 07.


A gestora nacional da Aldeias veio à fronteira para acompanhar de perto esse trabalho que é reconhecido internacionalmente. “Estamos aqui porque acreditamos que a Escola de Pais possibilita que a Aldeias cumpra seu princípio maior: o entendimento de que o melhor lugar para a criança viver é com sua família”, explicou Sandra Greco da Fonseca. Já a gestora nacional da Aldeas Infantiles SOS Colômbia, Ângela Rosalez, queria ter contato, pela primeira vez, com um trabalho tão completo e propor um intercâmbio de informações com experiências realizadas na Colômbia. A diretora continental, Nádia Garrido, destaca que ouviu falar muito da Escola de Pais como ação de prevenção e, por isso, “quis conhecer tudo pessoalmente”. Segundo ela, “o que é feito em Foz terá alto impacto nas estratégias da Aldeias até 2030 para países da América Latina e do Caribe, porque foca no direito de se viver em família”.

Por que o programa Escola de Pais interessa tanto?

O programa Escola de Pais foi criado para evitar que crianças sejam encaminhadas a casas-lares ou abrigos. Atende pais que estão prestes a perder a guarda dos filhos por abandono, maus-tratos, negligência… É a última chance dada a eles pela justiça. “Eles frequentam Rodas de Conversa com psicólogas e assistentes sociais e são visitados em casa para que seja comprovada a mudança de comportamento em relação à criação dos filhos,” explica Rita Borges, coordenadora do programa. Quatro regiões da cidade são atendidas: Três Lagoas, Portal da Foz, Cidade Nova e Porto Meira. Em dois anos de funcionamento, a Escola de Pais evitou o acolhimento de 32 crianças, além de combater outras formas de exploração e violência infanto-juvenil. Isso representa uma economia de aproximadamente R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) aos cofres públicos, porque se evita a manutenção de vagas em casas-lares.

Programa está com os dias contados

Depois de dois anos de funcionamento e comprovada eficácia na atuação, a Escola de Pais não poderá ir muito além por falta de verba. Até agora, o programa foi mantido com financiamento do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, que permite que projetos como esse sejam contemplados, no máximo, por dois anos consecutivos – o que já ocorreu. “Recebemos alguma ajuda de custo vinda de doações, mas ainda não é o suficiente para a continuidade como gostaríamos,” lamenta Rita.

Campanha de Arrecadação

Desde o dia 13 de março há uma campanha de arrecadação no formato de crowfounding em andamento, com doações via internet. Já houve um “Telefonaço”, em que voluntários disseminaram as informações sobre a campanha entre amigos; o lançamento de um vídeo que contém depoimentos de famílias atendidas, relatando a transformação que ocorreu nas relações entre pais e filhos; agora, estão sendo postados, em redes sociais, vídeos com desafios, em que uma pessoa desafia outras cinco a contarem uma história de família ou fazerem a doação. Até agora, 70 doadores se inscreveram na plataforma da campanha, doando o total de R$ 3.070 (três mil e setenta reais), o que representa apenas 8% da meta. “Precisamos de mais adesão, se não, o programa não terá como custear as despesas,” alertou o coordenador da campanha de arrecadação, Bruno Oliveira.

Outra ação que deu esperança aos coordenadores da Escola de Pais foi Canja do Galo Inácio, uma canja solidária servida na terça-feira de Carnaval, em Foz do Iguaçu. A renda desse ano, total de R$ 7.284,19 (sete mil, duzentos e oitenta e quatro reais e dezenove centavos) foi revertida para a Escola de Pais.

A plataforma para doações via internet é:

www.kickante.com.br/escoladepais

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz