contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Reunião avalia projetos da Copa para o Paraná


Por:

Publicado em:

Representantes de secretarias e autarquias estaduais se reuniram nesta segunda-feira (16), no Palácio das Araucárias, em Curitiba, para expor projetos e analisar o que cada pasta está realizando para que a capital esteja bem estruturada para receber a Copa. O secretário especial para Copa do Mundo 2014, Algaci Túlio, ressaltou que o encontro foi “um raio-x” do andamento dos trabalhos e discussões.

Segundo o secretário, o PAC da Mobilidade Urbana, do governo federal, vai repassar ao Paraná R$ 329 milhões, o Estado, entretanto, terá mais recursos. “Chegamos no montante de quase R$ 700 milhões”, afirmou Túlio. A diferença nos recursos será financiada pelo tesouro estadual. O secretário afirmou que, no levantamento, não estão previstos gastos da Copel e da Sanepar nem as obras necessárias no aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Ainda de acordo com Algaci Túlio, quando se inserir esses projetos, o valor chegará a R$ 1 bilhão.

No caso do aeroporto, por exemplo, estão previstos R$ 80 milhões para a construção da nova pista com o ILS3, equipamento que possibilita, mesmo com visibilidade zero, decolagem e aterrissagem de aeronaves. “Uma vez definido que os jogos serão no estádio do Clube Atlético Paranaense, temos que definir os acessos”, afirmou o Algaci Túlio.

LDO – O secretário lembrou que a LDO, Lei de Diretrizes Orçamentárias, que será votada pela Assembleia Legislativa, no fim do semestre, deverá contemplar os investimentos na Copa de 2014. E por isso a necessidade de se programar e informar a Secretaria de Planejamento as previsões de gasto. “Apesar de obras serem executadas para receber o mundial, as melhorias ficarão para a cidade e para o Paraná”, afirmou Algaci Túlio.

O secretário da Segurança Pública, coronel Aramis Linhares Serpa, citou o projeto de lei que reestrutura a Polícia Militar, em avaliação na Assembleia. De acordo com o secretário, o projeto sugere mais 4.800 homens para o efetivo policial, criação de um batalhão específico para eventos e uma unidade móvel. Serpa disse também que a secretaria já adotou medidas junto a Senasp, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Mil oficiais paranaenses farão cursos de inglês para se comunicar com turistas.

Para que as ações e obras para o mundial sejam conduzidas com agilidade, foi proposta a criação de uma unidade de gerenciamento do programa, que será composta por técnicos de diferentes secretarias. Esses profissionais seriam responsáveis pelo cumprimento de prazos e para que haja interligação entre todas as ações. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Wilson Bley Lipski, ressaltou que as secretarias devem agir em conjunto. Da mesma forma o governo estadual com as gestões municipais envolvidas nesta preparação para a Copa do Mundo de 2014. “A logística de intervenção deve ser bem estruturada”, afirmou Lipsi.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz