Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Reunião avalia projetos da Copa para o Paraná


Por:

Publicado em:

Representantes de secretarias e autarquias estaduais se reuniram nesta segunda-feira (16), no Palácio das Araucárias, em Curitiba, para expor projetos e analisar o que cada pasta está realizando para que a capital esteja bem estruturada para receber a Copa. O secretário especial para Copa do Mundo 2014, Algaci Túlio, ressaltou que o encontro foi “um raio-x” do andamento dos trabalhos e discussões.

Segundo o secretário, o PAC da Mobilidade Urbana, do governo federal, vai repassar ao Paraná R$ 329 milhões, o Estado, entretanto, terá mais recursos. “Chegamos no montante de quase R$ 700 milhões”, afirmou Túlio. A diferença nos recursos será financiada pelo tesouro estadual. O secretário afirmou que, no levantamento, não estão previstos gastos da Copel e da Sanepar nem as obras necessárias no aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Ainda de acordo com Algaci Túlio, quando se inserir esses projetos, o valor chegará a R$ 1 bilhão.

No caso do aeroporto, por exemplo, estão previstos R$ 80 milhões para a construção da nova pista com o ILS3, equipamento que possibilita, mesmo com visibilidade zero, decolagem e aterrissagem de aeronaves. “Uma vez definido que os jogos serão no estádio do Clube Atlético Paranaense, temos que definir os acessos”, afirmou o Algaci Túlio.

LDO – O secretário lembrou que a LDO, Lei de Diretrizes Orçamentárias, que será votada pela Assembleia Legislativa, no fim do semestre, deverá contemplar os investimentos na Copa de 2014. E por isso a necessidade de se programar e informar a Secretaria de Planejamento as previsões de gasto. “Apesar de obras serem executadas para receber o mundial, as melhorias ficarão para a cidade e para o Paraná”, afirmou Algaci Túlio.

O secretário da Segurança Pública, coronel Aramis Linhares Serpa, citou o projeto de lei que reestrutura a Polícia Militar, em avaliação na Assembleia. De acordo com o secretário, o projeto sugere mais 4.800 homens para o efetivo policial, criação de um batalhão específico para eventos e uma unidade móvel. Serpa disse também que a secretaria já adotou medidas junto a Senasp, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Mil oficiais paranaenses farão cursos de inglês para se comunicar com turistas.

Para que as ações e obras para o mundial sejam conduzidas com agilidade, foi proposta a criação de uma unidade de gerenciamento do programa, que será composta por técnicos de diferentes secretarias. Esses profissionais seriam responsáveis pelo cumprimento de prazos e para que haja interligação entre todas as ações. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Wilson Bley Lipski, ressaltou que as secretarias devem agir em conjunto. Da mesma forma o governo estadual com as gestões municipais envolvidas nesta preparação para a Copa do Mundo de 2014. “A logística de intervenção deve ser bem estruturada”, afirmou Lipsi.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz