Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

"Situação está sob controle", afirma Ministro sobre suspeita de ebola no Brasil Primeiro resultado laboratorial deverá ser obtido em 24 horas

Primeiro resultado laboratorial deverá ser obtido em 24 horas


Por: Leca

Publicado em:

Em uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 10, o Ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, afirmaram que a situação de suspeita de ebola no país está sob controle. "A primeira coleta já foi feita e enviada ao laboratório no Instituto Evandro Chagas, no Pará. O resultado leva 24 horas. E, ainda assim, conforme o protocolo, serão necessários dois exames para confirmar ou descartar a doença. Depois de 48 horas, faremos a segunda coleta e, então, esperar", explica Chioro.
 
O exame já foi colhido e está a caminho do instituto. 
 
A suspeita de malária já foi descartada. Durante a coletiva, apesar de insistente pedidos de alerta, as autoridades se mostraram seguras. "Ele não apresentou febre quando chegou a UPA, nem durante a viagem. Isso é muito bom. Ele também não vomitou nem teve diarreia. Ou seja: Ninguém teve contato com sangue ou com fluidos dele. Por isso, a possibilidade de contágio é baixa".
 
O ebola só é transmitido quando os sintomas começam a se manifestar no paciente.
 
No caso do africano Souleymane Bah, 47 anos, a febre começou na quarta-feira, 8. "Localizamos 64 contactantes. Pessoas que tiveram contato com ele antes de ele ter febre, não correm risco", esclarecem. "Os que podem apresentar risco são contactantes três diretos – as pessoas que o atenderam no hospital – e quatro residenciais. Faremos o monitoramento por 21 dias dessas pessoas, fazendo verificação de febre até duas vezes por dia".
 
A operação e conduta da situação foi enaltecida durante a coletiva. "A equipe de Cascavel está de parabéns. Imediatamente, identificaram o caso suspeito e já seguiram o protocolo", destacaram Chioro e Barbosa. 
 
Às 18 horas, haverá uma nova coletiva de imprensa para atualização dos fatos – ainda não haverá resultado do exame que pode confirmar ou descartar o caso. No momento, o paciente não apresenta sintomas.

 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz