Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Terceiro acusado de participação na morte do empresário iguaçuense se apresenta a Policia nesta quarta-feira, 09 Marcelino Alves nega envolvimento no crime

Marcelino Alves nega envolvimento no crime


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

O terceiro acusado na participação do latrocínio que vitimou o empresário Eduardo Felipe Mezzomo, no último sábado 05, se apresentou a Polícia Civil de Foz do Iguaçu na tarde desta quarta-feira, 09.

Marcelino Alves de 24 anos, acompanhado de seu advogado foi interrogado pelos policiais por cerca de uma hora. Segundo o suspeito, o mesmo não teve participação neste crime brutal. Alves alegou ter ido ao Bairro Lagoa Dourada no sábado para visitar os filhos e ter dormido no local aquela noite. Afirmou ainda que só soube do ocorrido pelos veículos de comunicação da cidade.

Foto: Polícia Civil
Delegado Alexandre Macorin foi quem interrogou o acusado na tarde desta quarta-feira, 09

Também negou conhecer o menor apreendido (mesmo os dois morando no mesmo bairro) e o maior Rodrigo Pereira, que foi preso logo depois do assassinato. Com relação à moto apreendia pela polícia, Marcelino disse ser de propriedade de sua irmã e que às vezes a usa.

Para o delegado que comanda o caso Dr. Geraldo Evangelista, as informações levantadas na investigação apontam para o acusado e um pedido de mandado de prisão já está em análise. “Muito embora a pessoa do Marcelino tenha se apresentado fora do prazo flagrancial, esse fato não impede que os indícios constantes no inquérito policial sejam analisados e representados ao Poder Judiciário pela expedição do mandado de prisão preventiva do suspeito.” finalizou Evangelista.
 

Foto: Polícia Civil
Atualmente, Marcelino está em liberdade condicional, por um crime cometido em 2010

Marcelino responde em liberdade condicional pelo crime de roubo ocorrido em 2010 e possui passagem pela polícia pelos crimes de porte ilegal de arma, tráfico e roubo.

 


 

 

 

 

    Lauane de Melo é repórter do Clickfoz e editora
    de imagens da Rede Massa. Para interagir com a 
    jornalista, siga ela no Twitter e no Facebook.

 

 
 
 
 

 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz