contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Trabalhadores de Foz do Iguaçu participam de greve geral Transporte público da cidade está paralisado por causa do manifesto

Transporte público da cidade está paralisado por causa do manifesto


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Foto: Rafael Guimarães

Trabalhadores de diversas classes e movimentos sociais de Foz do Iguaçu, protestaram na manhã desta sexta-feira, 30, em frente ao Bosque Guarani. O movimento é realizado em várias cidades do país simultaneamente e acontece em repúdio às propostas das reformas da Previdência e Trabalhista feitas pelo governo.

Foto: Rafael Guimarães

Com faixas e cartazes, sindicatos pediam a saída do presidente Michel Temer. Líderes de entidades discursaram e parte da rua Tarobá, em frente ao Bosque Guarani, foi interditada. Após os discursos, os manifestantes fizeram uma passeata pela Avenida Brasil e depois, retornaram ao local  de encontro.

Foto: Izabelle Ferrari

Do lado de dentro do Terminal de Transporte Urbano, que fica ao lado do zoológico, os trabalhadores rodoviários também aderiram ao movimento e paralisaram os serviços. De acordo com os motoristas que se encontravam no TTU, 100% da frota parou de rodar por volta das 8h. A ausência de ônibus circulando nas ruas deixou alguns usuários do transporte público revoltados. Até o momento, os ônibus ainda não voltaram a circular. De acordo com o presidente do Sitrofi, Dilto Vitorassi, a previsão é que a situação esteja regularizada por volta das 13h de hoje.

Foto: Rafael Guimarães

Ao contrário da última mobilização que contou a com a participação de centenas de pessoas, além do fechamento parcial do comércio, nesta sexta, a adesão foi bem menor. “Nós temos que defender nossos direitos, estamos retrocedendo. As reformas, não são reformas. São ataques ao povo brasileiro. Reformas são melhorias e não é isso o que vem acontecendo. As reformas são para cortar direitos, para aumentar a idade e isso é um retrocesso. Por isso, estamos nas ruas para mostrar nossa indignação”, enfatizou o presidente do Sismufi, Aldevir Hanke. 

Foto: Rafael Guimarães

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz