contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Turismo de Fronteira será uma das pautas no Festival de Turismo Encontro irá debater a instalação de freeshops no Brasil

Encontro irá debater a instalação de freeshops no Brasil


Por: Leca

Publicado em:

Como parte da agenda oficial da 8ª edição do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu de 2013, o I Seminário Latino Americano de Turismo de Fronteiras irá reunir em Foz do Iguaçu as principais lideranças do setor, do Brasil e dos países que com ele fazem fronteira. 

Este encontro faz parte de uma agenda que já vem sendo realizada em diversos outros estados de fronteira do Brasil e pretende, na ocasião do Festival de Turismo, último encontro do ciclo, apontar uma série de encaminhamentos, através de uma carta de intenções, para que as autoridades envolvidas possam assumir compromissos e desembaraçar com maior vigor e celeridade a discussão deste tema em nível nacional.


Liderado pelo Instituto Polo Internacional Iguassu e pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), essa rodada de discussões já passou pelos municípios fronteiriços de Santana do Livramento, RS; Ponta Porã, PR; Corumbá, MS e Chapecó, SC, e tem como objetivo principal debater de que forma a atividade turística pode promover a integração e o desenvolvimento das regiões fronteiriças no Brasil. "Nosso esforço é difundir o turismo como fator de integração e desenvolvimento da faixa de fronteira do Brasil, possibilitando intercâmbio cultural, desenvolvimento sustentável, harmonização entre os povos e outros benefícios", destaca Fernanda Fedrigo, presidente do Instituto POLOIGUASSU.

Instalação dos freeshops no Brasil – O encontro em Foz do Iguaçu oferece 4 eixos-temáticos para discussão: Comércio e freeshops, que será coordenado pela Fecomercio/PR, por meio do seu presidente Darci Piana, além dos temas: Faixa de Fronteira e Mobilidade Urbana, Infra estrutura Turística e Roteiros Integrados. No entanto, este primeiro é o que tem sido alvo de maiores discussões e preocupações. "a instalação de freeshops é um tema desafiador e extremamente relevante para o aspecto econômico brasileiro", destaca Fernanda. "Temos atualmente na faixa de fronteira do nosso País, 10 milhões de habitantes, 11 estados e 588 municípios no entanto, é baixíssimo o fluxo de turistas estrangeiros nessas regiões. Se considerarmos que, dos cinco milhões de estrangeiros que o Brasil recebe, aproximadamente 46% são da América do Sul, e 22% chegam ao País por vias terrestres, com as políticas corretas e adequadas à nossa realidade de turismo, temos como elevar substancialmente o fluxo de turistas em nossas regiões de fronteira", explica Fernanda.

O presidente do Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio, Alexandre Sampaio, acredita que é possível desenvolver novos clusters de consumo nessas regiões. "Nossa expectativa é que seja amplificado o movimento de turistas estrangeiros nas nossas fronteiras, potencializando ainda mais a integração latino americana". Sampaio sinaliza e complementa, "que essa temática da instalação dos freeshops, culminará na criação de um novo patamar para o turismo de compras no Brasil, sob a égide de uma nova lei de freeshops, alterando a correlação entre os entes que desenvolvem esses polos de comércio no País".

O Seminário já conta com mais de 300 inscritos e terá a participação de representantes do Ministério do Turismo do Brasil, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Argentina. O representante da Organização Mundial do Turismo, Marcio Favilla e diretor executivo da OMT fará a palestra de abertura do evento, além de representar o apoio e participação da OMT ao tema Turismo de Fronteira.

Dividido em duas etapas, o seminário acontecerá no dia 13 de junho e será organizado em mesas temáticas, em que os participantes escolhem seus grupos e temas de interesse. Serão feitas pequenas apresentações e iniciadas as discussões à respeito da temática central de cada grupo. Na sequência as equipes redigirão uma carta de encaminhamentos, uma espécie de agenda positiva de trabalho pra apresentar as autoridades.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz