contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Unila abre inscrições para cursos de flauta doce e zampoña Aulas serão gratuitas e começam no dia 10 de abril

Aulas serão gratuitas e começam no dia 10 de abril


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Estão abertas as inscrições para o curso gratuito de aerofones (flauta doce e zampoña), voltado para iniciantes. A iniciativa, aberta à comunidade, faz parte de um projeto de extensão da Unila. 

Foto: Assessoria
Inscrições já estão abertas e seguem até todas as30 vagas serem preenchidas

No total, serão ofertadas 30 vagas, sendo 15 para cada instrumento. As aulas terão início no dia 10 de abril e serão ministradas às sextas-feiras, das 18h às 19h, na Unila – Unidade Almada (Avenida Tancredo Neves, 3838, sala 8). Os interessados podem realizar inscrição pelo e-mail curso.aerofones.unila@gmail.com. As inscrições encerram-se com o preenchimento de todas as vagas.

O curso de aerofones conta com um conjunto de tipos de flautas doce (sopranino, soprano, contralto e tenor) e zampoñas (chuli, zanka e malta), que variam no tamanho e nas sonoridades, alternando entre graves e agudos. As aulas são ministradas por dois acadêmicos de Música da Unila: a brasileira Andressa Castilho, responsável pelo curso de flauta doce; e o boliviano Jaime Mamani, professor de zampoña, instrumento que integra suas raízes andinas

A flauta doce é de tradição europeia – popular na nossa região – e tem origem na Idade Média. Esse instrumento alcança o apogeu no Renascimento e continua ressoando no período Barroco. “No século 19 ele foi esquecido e volta, no século 20, a ser usado no repertório da música contemporânea. Hoje, é um instrumento muito usado na pedagogia musical”, contextualiza o professor de Música da Unila e coordenador do projeto, Marcelo Villena. A zampoña, por sua vez, tem origem andina e é tocada, sobretudo, pelos povos que falam a língua quíchua e aymará. Outras informações podem ser conferidas na página do grupo.

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz