Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

UNILA abre projeto de reestruturação urbana da fronteira Interessados podem fazer a inscrição até o dia 15 de fevereiro

Interessados podem fazer a inscrição até o dia 15 de fevereiro


Por: Leca

Publicado em:

 
Estão abertas as inscrições para o projeto de extensão da UNILA intitulado “Reestruturação urbana e social de Foz do Iguaçu: mapeamentos e debates”. Podem participar da ação moradores, lideranças comunitárias, estudantes, pesquisadores, técnico-administrativos e professores interessados na temática.
 
Os interessados em integrar-se a equipe do projeto devem realizar inscrição até 15 de fevereiro, enviando um e-mail para cecilia.angileli@unila.edu.br com as seguintes informações: nome, idade, telefone de contato e motivo de interesse.

Foto:Rafael Guimarães / Clickfoz
UNILA abre inscrições para projeto de mapeamento da reestruturação urbana e social da fronteira

A proposta é identificar e mapear, em Foz do Iguaçu, regiões e grupos de grande vulnerabilidade socioambiental (impactados por remoções involuntárias decorrentes da implantação de grandes projetos urbanos), em áreas de concentração de favelas, loteamentos irregulares, além de ocupações.

 
“Espera-se dimensionar os reais impactos da transformação urbana em cadeia que envolve mais de 30 grandes projetos urbanos, questionando análises subestimadas que apresentam pontualmente esses impactos, em especial os relacionados ao deslocamento populacional”, explica a professora de Arquitetura e Urbanismo da UNILA e coordenadora do projeto, Cecilia Angileli.
 
Projeto – O projeto tem como objetivo organizar um banco de dados online, com o mapeamento dos projetos urbanos previstos sobreposto à cartografia de ocupações irregulares da cidade. E, ainda, pretende lançar bases para a constituição de uma “Escola Popular de Planejamento da Cidade”, espaço onde poderão ser desenvolvidos debates e ações sobre deslocamentos populacionais e os direitos das populações atingidas.
 
Além disso, a iniciativa visa, segundo a docente, “subsidiar comunidades afetadas, bem como organizações de direitos humanos da cidade com ferramentas de conhecimento e análise da situação, fortalecendo, assim, um processo emancipatório e de defesa do Direita à Moradia”.
 
As ações do projeto serão desenvolvidas, inicialmente, no período entre fevereiro e dezembro, com encontros quinzenais. O projeto integra o Observatório de Remoções, uma rede de pesquisa e ação sobre remoções de moradia, composta por pesquisadores da UNILA, da Universidade Federal do ABC (UFABC) e da Universidade de São Paulo (USP).
 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz