Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Vereadores analisam emendas ao PLC sobre o Saneamento Básico de Foz do Iguaçu Plenário aceitou na sessão desta quinta-feira (6) na Câmara Municipal o pedido de vistas de 14 emendas

Plenário aceitou na sessão desta quinta-feira (6) na Câmara Municipal o pedido de vistas de 14 emendas


Por:

Publicado em:

 

Na sessão desta quinta-feira (6), a Câmara Municipal de Foz do Iguaçu fez um minuto de silêncio em memória ao maior gênio da arquitetura brasileira – Oscar Niemeyer, que morreu na noite de quarta-feira (5), no Rio de Janeiro. Aqui na cidade, Niemeyer também vai deixar sua marca. Uma das últimas obras do Arquiteto é a sede da Universidade Federal da Integração Latino-Americana – UNILA, que está em fase de construção, na área da Usina de Itaipu.  

 

Os vereadores discutiram as emendas ao substitutivo ao Projeto de Lei Complementar n° 09/2012, de autoria da Comissão Mista, que dispõe sobre a Política Municipal de Saneamento Básico para o abastecimento de água, esgoto e gerenciamento integrado de resíduos sólidos. Em meio ao debate e às diversas opiniões controversas, o Plenário decidiu por aceitar o pedido de vistas das emendas n° 01 a 14/2012, do Vereador Valdir de Souza Maninho (PMDB), com voto contrário dos Vereadores Luiz Queiroga (DEM), Carlos Budel (PSDB) e Zé Carlos (PMN). 
 
Na sessão também foi derrubado o veto ao Projeto de Lei Complementar n° 08/2012, de autoria do Vereador Luiz Queiroga (DEM), que isenta de pagamento do Imposto de Propriedade Predial e Territorial Urbana – IPTU os templos religiosos, incluindo as casas pastorais e os estacionamentos de veículos, desde que o imóvel esteja comprovadamente sob o domínio ou posse das entidades e que seja utilizado exclusivamente para a prática de atividades religiosas. Mas, nos casos em que o imóvel não constituir propriedade da igreja, é preciso comprovar a posse do bem por meio de cópia do respectivo contrato de locação ou cessão de uso. 
 
Por 10 votos a 4, com a ausência de um vereador – Paulo Rúbio -, o Plenário derrubou o veto ao PLC. A votação foi marcada pela presença de alguns integrantes de comunidades religiosas, como o Presidente do Conselho de Pastores e Ministros Evangélicos de Foz do Iguaçu, Pastor Sadi Buzanelo. O autor do Projeto, Vereador Luiz Queiroga (DEM) defendeu a proposta. “A Igreja é a que causa menos impacto financeiro no orçamento do Município, devido às ações de cunho social que ela desenvolve, resgatando vidas”. 
 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz