contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Você sabia que o Polo Astronômico tem uma equipe de Astrofotografia? Qualquer pessoa da comunidade pode participar do grupo, desde que tenha disponibilidade e equipamentos

Qualquer pessoa da comunidade pode participar do grupo, desde que tenha disponibilidade e equipamentos


Por: Assessoria

Publicado em:

polo astronomico juliana nakahara

Foto: Juliana Nakahara

Captar em uma imagem o rastro das estrelas, as crateras da Lua, um fenômeno como o eclipse solar ou até mesmo os distantes anéis de Saturno exigem precisão, muita persistência e dedicação: princípios que são seguidos rigorosamente pelo grupo de Astrofotografia do Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho, do Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

Criado no mês de julho do ano passado, o grupo é composto por dois bolsistas, Tiago Giorgetti e Romildo Marques; uma voluntária, Juliana Nakahara e, uma monitora do Polo Astronômico, Liliane Lorenzini Trabuco. Todos empenhados em um mesmo objetivo: o conhecimento e a popularização das ciências.

Por meio das fotos tiradas pelos integrantes e dos estudos realizados em cada registro, está sendo construído um acervo que poderá ser utilizado para a educação da Astronomia, além de exposições com as imagens obtidas. Junto com cada fotografia tirada há uma uma descrição do que é aquela imagem. “A partir disso, a pessoa interessada pode pesquisar mais, seja a partir de um livro ou da internet, e ir atrás de mais conhecimento”, explicou Liliane.

polo astronomico juliana nakahara 2

Foto: Juliana Nakahara

“O material pode ser utilizado como material didático, tanto para quem quer aprender quanto para o aficionado, quem admira esse tipo de imagem”, salientou Tiago.

O grupo consegue mostrar aos amantes da Astronomia e da fotografia que, além de unir as duas temáticas, é possível realizar a astrofotografia usando desde recursos não simples até mais técnicos, como ressalta Liliane. “As pessoas podem tanto utilizar uma webcam e um telescópio simples até algo mais elaborado”.
As fotos nesta modalidade não são feitas em apenas um clique. Segundo Romildo, a astrofotografia precisa de muita persistência. “Esse tipo de fotografia exige dedicação e aquele ‘não desista’. Para fazer esse tipo de foto, você precisa ter um céu limpo, umidade baixa e, geralmente, uma temperatura mais baixa. Normalmente você vai passar a noite com frio, com sono, e tem que ter paciência para calibrar o equipamento. Uma foto não é feita em um clique”.

O gerente do Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho destaca a importância da equipe. “Com o Grupo de Astrofotografia do Polo, nós temos a possibilidade de ensinar por meio de fotografias e incentivar os interessados a conhecer e saber mais sobre cada foto. Para quem participa do grupo, e todos podem participar, também é um grande aprendizado, pois quanto mais eles tiram fotos, mais têm que saber o que é aquilo que eles fotografaram. Ao passar do tempo, com o conhecimento adquirido, eles poderão ministrar cursos e ensinar sobre a astrofotografia”.

Como participar

Qualquer pessoa pode participar do grupo, desde que tenha interesse e disponha dos equipamentos. “Aqui no Polo nós temos as câmeras de pesquisa, mas é importante que a pessoa traga o seu equipamento, que seja um celular ou uma câmera digital simples, para que consiga fotografar com câmeras comuns”, destacou Liliane.

Para saber mais informações ou para fazer parte do Grupo de Astrofotografia do Polo Astronômico, basta enviar um e-mail para: poloastronomico@pti.org.br, ou mandar uma mensagem pela página oficial do grupo nas redes sociais: www.facebook.com/astropacmf. Os registros fotográficos feitos pelo grupo também podem ser vistos também por meio da página oficial.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz