contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Você vai se surpreender com estas histórias da Meia Maratona das Cataratas O veterano Marcelo Valente e o estreante André Vinícius, contam como foram suas experiências durante a prova que aconteceu em Foz

O veterano Marcelo Valente e o estreante André Vinícius, contam como foram suas experiências durante a prova que aconteceu em Foz


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Que três mil atletas participaram da oitava edição da Meia Maratona das Cataratas no último domingo (14) em Foz do Iguaçu, isso você já sabe, não é mesmo?

Mas, e as histórias destas pessoas, como se prepararam físico e psicologicamente para enfrentar esta prova nada fácil de quase 22 quilômetros? Bem, em meio a três mil personagens que com certeza, renderiam matérias incríveis, encontramos alguns exemplos bem bacanas.

Foto: Rafael Guimarães/Clickfoz
Em frente a um dos maiores cartões postais de Foz do Iguaçu, Marcelo (azul) e André (laranja), fazem pose para a foto

Vamos começar pelo atleta 2842. Esta era a numeração do gerente de vendas da Loumar Turismo, André Vinícius Teixeira. Iniciante, André começou a treinar em novembro de 2013 apenas pela admiração ao esporte e para melhorar o seu condicionamento físico. Ainda nem imaginava participar de uma prova de alto nível. “Esta foi a minha primeira vez em qualquer competição. Eu trabalhei na operação de transportes na edição passada da Meia Maratona e também na organização das edições anteriores da Iguassu Night Run. Comecei por um misto de vontade pelo esporte e também vontade de melhorar a minha condição física. Então comecei a treinar sem muita pretensão”, disse o gerente.

Foto: Rafael Guimarães/Clickfoz
André, mesmo cansado, resgata forças para completar o trajeto. "Meu filho está lá me esperando"!

Mas, aos poucos o sonho de competir foi se tornando realidade. Após um tempo treinando apenas por hobby, as inscrições para a Meia Maratona foram abertas e aí, veio à decisão. “Esta corrida era no mínimo, o dobro do que eu vinha treinando. Mesmo assim, tracei um plano e fui aumentando gradativamente. Só que no último treino antes da prova eu tinha conseguido fazer apenas 15 km. Então, eu sabia que teria 6 km para fazer no coração. E foi o que eu fiz! Os últimos 3 km eu completei chorando”, lembra André. 
 

Foto: Arquivo Pessoal
Vinícius de seis anos, fez questão de acompanhar o paizão nos momentos finais da prova

Porém, a cada lágrima que escorria dos olhos dele, a certeza que faltava menos uma passada para reencontrar o grande incentivador de tudo isso. “Eu tinha um sonho na minha cabeça de terminar uma prova destas e mais ainda, eu queria muito dar este exemplo para o meu filho. Eu pedi para que a minha mãe o levasse no dia do evento, para que ele chegasse os metros finais comigo e foi o que aconteceu. Não tive como não me emocionar, eu chorei igual a uma criança. Mas, saí de lá com a alma lavada por ter chegado a este nível de condicionamento”, completou. 
 

Foto: Arquivo Pessoal
Vinícius fez questão de colocar a medalha no pai André após a chegada da prova

 
Já o atleta 2061 é um veterano nesta prova. O empresário Marcelo Valente, correu todas as Meias Maratonas de Foz do Iguaçu. “Eu coloquei como meta de vida correr esta prova, por ser diferenciada, por chamar tanta à atenção das pessoas de fora. Tive a felicidade de estar lá todos os anos e de completar todas as edições com méritos”, explicou o empresário. 
 

Foto: Rafael Guimarães/Clickfoz
No fim da prova, Valente posa para foto. E nem parece que acabou de correr quase 22km!

 
Além destas oito edições da Meia, Valente leva em seu currículo cinco maratonas. E a bagagem adquirida ao longo de tantas provas, ele faz questão de compartilhar com os demais. “Eu sempre procuro levar um estreante comigo. E é muito bacana ver a ansiedade deles. Esta é uma das meias maratonas mais difíceis do mundo. Por isso, acredito que a experiência de poder auxiliar os mais jovens a dosar energia para completar a prova é fundamental e tudo isso somente a experiência vai dando”, comentou Valente.
 

Foto: Arquivo Pessoal
Em ordem, aqui estão todas as medalhas das oito edições as quais Valente participou

“A lição mais importante que eu procuro passar para os meus filhos e para os meus colaboradores é que é preciso ter perseverança para correr atrás dos nossos objetivos. Terminei esta prova e já estou pronto para a nona edição”, finaliza Marcelo.

André Vinícius Teixeira completou a prova em 2h17 sendo o 224º iguaçuense a cruzar a linha de chegada e o 1427º no geral. Marcelo Valente terminou em 2h20, ficou na 231º colocação entre os atletas de Foz do Iguaçu e em 1478º na categoria geral. 
 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz