Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2018 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu registra primeiro paciente com febre chikungunya Vigilância epidemiológica confirmou caso nesta quinta-feira

Vigilância epidemiológica confirmou caso nesta quinta-feira


Por: Leca

Publicado em:

Na manhã desta quinta-feira, 11, a Vigilância epidemiológica de Foz do Iguaçu confirmou o primeiro caso da febre chikungunya. Trata-se de um senhor de 69 anos, do Rio Grande do Sul. Ele foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no dia 22 de novembro, fez exames, foi medicado e liberado no mesmo dia. 
 
O paciente contou que esteve na Venezuela no início de novembro, onde a doença já tem casos confirmados. Alguns dias depois, ele começou a apresentar os sintomas (febre e dores no corpo e articulações). Por causa do histórico epidemiológico, foram realizados os exames para a febre chikungunya, que foi confirmada. O paciente ainda está na cidade, porém, sem a necessidade de estar internado.  
 
Esse caso é chamado de "importado", porque o paciente foi contaminado na Venezuela, onde passou 15 dias. Ainda não há registro do vírus em Foz do Iguaçu. A febre chikungunya é transmitida através do mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue. 

As doenças tem sintomas semelhantes, como febre e dores no corpo. A diferença é que a chikungunya apresenta fortes dores articulares.

Foto: Arquivo
Febre chikungunya também é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

  

 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Categorias

Logo do ClickFoz