contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Itaipu propõe ao ICMBio reativar a usina São João, no Parque Nacional do Iguaçu Unidade pode ser uma forma de desenvolver a educação ambiental e turismo técnico-científico

Unidade pode ser uma forma de desenvolver a educação ambiental e turismo técnico-científico


Por: Leca

Publicado em:

 

Foto: JIE
Usina São João, dentro do Parque Nacional do Iguaçu: nova proposta para patrimônio histórico.

A usina hidrelétrica de Itaipu apresentou, na tarde desta sexta-feira (15), no escritório de administração do Parque Nacional do Iguaçu (PNI), um estudo para reativar a usina São João.

Fechada na década de 80, a unidade, instalada dentro do parque nacional, foi a primeira usina a abastecer Foz do Iguaçu com energia elétrica e uma das primeiras construídas fora da capital do Estado.

O projeto foi entregue pelo superintendente de Energias Renováveis de Itaipu, Cícero Bley Jr., ao chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro. Participaram da reunião o superintendente de Comunicação Social de Itaipu, Gilmar Piolla, engenheiros da binacional e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), concessionários e técnicos envolvidos na conservação do parque.
 

Foto: JIE
Apresentação do estudo para reativar a Central Geradora Hidrelétrica São João, na tarde desta sexta-feira (15).

De acordo com Cícero Bley, a proposta contempla quatro eixos: a recuperação de um importante patrimônio histórico do município, hoje degradado; a promoção do conceito de mobilidade sustentável; dotar o parque nacional de autonomia energética; e desenvolver a educação ambiental e o turismo técnico-científico.
 

Sonho antigo
 
Jorge Pegoraro revelou que a recuperação da usina São João é um sonho antigo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) – que administra o parque nacional. A dificuldade era encontrar um projeto que aliasse a preservação do patrimônio histórico com a questão da sustentabilidade.
  
“Por isso, buscamos o apoio de Itaipu e repassamos todos os dados necessários. Estamos satisfeitos com o resultado porque o projeto leva em conta aspectos importantes, como a educação ambiental, e vem ao encontro das necessidades do parque”, comentou.
 
Segundo ele, uma equipe técnica será destacada para avaliar a proposta de Itaipu. Na sequência, começa a busca por alternativas para viabilizar a execução do projeto, incluindo a possibilidade de novas parcerias. “É importante destacar que a usina já está instalada e os impactos ambientais serão mínimos.”

Um pouco de história

Foto: JIE
Jorge Pegoraro (à dir.), chefe do parque: recuperar a usina São João é um velho sonho do ICMBio.

 
A usina São João foi construída no Rio São João, que corta o parque nacional e desagua na margem direita do Rio Iguaçu. A unidade foi inaugurada em 1942 e, até 1957, forneceu energia para todo o parque, o Hotel das Cataratas e também para a cidade de Foz do Iguaçu.
 
Com a construção de novas unidades de geração na região de Foz do Iguaçu, nas décadas de 70 e 80, a participação da usina no abastecimento da cidade foi diminuindo.
  
Em 1983, um ano antes de Itaipu começar a gerar energia, uma grande enchente elevou o nível do Rio Iguaçu e inundou a casa de máquinas. De lá para cá, a usina São João nunca mais funcionou. As duas antigas turbinas foram levadas para o Ecomuseu, mantido por Itaipu.

Nova potência

Foto: JIE
Maycon Vendrame, engenheiro da Superintendência de Energias Renováveis, participa da apresentação.

 

O projeto de Itaipu contempla a possibilidade de repotencializar a antiga usina, aumentando a capacidade instalada para até 910 kW. Quando foi projetada e construída, a capacidade era de 336 kW – o suficiente para abastecer o consumo médio de duas mil residências.
 
A decisão de aumentar ou não a carga da usina, segundo Cícero Bley, levará em conta estudos demanda, que ainda estão em elaboração. O objetivo é deixar a unidade do tamanho necessário para abastecer os veículos elétricos e gerar eletricidade para a usina.
  
O superintendente de Itaipu disse ainda que, estruturalmente, a usina São João apresenta boas condições – a barragem tem 4,7 metros de altura e aproximadamente 80 metros de extensão. Para que volte a gerar energia, serão necessários investimentos em equipamentos, como a aquisição de um novo conjunto de turbinas.

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz