contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Cultura em Foz do Iguaçu

Festival traz magia do circo e shows de bandas ao fim de semana do Gramadão, em Foz do Iguaçu Atrações são gratuitas e também incluem oficinas de circo, durante a semana

Atrações são gratuitas e também incluem oficinas de circo, durante a semana


Por: Assessoria

Publicado em:

ApresentacaoCircocanGramadao

Fotos: Nilton Rolin/Itaipu Binacional

O fim de semana no Gramadão da Vila A, em Foz do Iguaçu, terá a magia do circo e o som de bandas de rock e blues com o início das apresentações culturais do 1º Festival de Arte e Circo, a partir das 19h deste sábado (7). O festival é uma iniciativa inédita de Itaipu em parceria com a RPC e termina no próximo dia 28. Todas as atrações são gratuitas e abertas para a comunidade em geral.

O Festival de Arte e Circo dará nova vida ao Gramadão, que é um espaço dedicado à comunidade, voltado ao lazer, à cultura e ao esporte

Afirma o superintendente de Comunicação Social de Itaipu, Gilmar Piolla. Segundo ele, durante o mês de janeiro, a população local vai apreciar a magia do circo, tanto nas oficinas ao longo da semana, quanto nas apresentações circenses, no sábado e domingo. As pessoas também conhecerão o melhor da música da região.

A programação começa às 19h de sábado (7), com a apresentação da banda curitibana RockAvengers. Conhecido como os “justiceiros do rock”, o quarteto de músicos mantêm firme a promessa de apresentar somente clássicos do rock. Justiça seja feita, eles têm feito isso muito bem. No repertório, Elvis Presley, Johnny Cash, Jerry Lee Lewis, Stray Cats, The Doors, entre outros.

Após o primeiro show, a trupe da Escola Internacional de Circo (Circocan) fará, a partir das 20h30, apresentações circenses no trapézio voador, montado no Gramadão desde dezembro.

A ideia é fazer as acrobacias que mostramos ao longo da semana nas oficinas de circo

Explica o presidente da Circocan e artista de circo, Pedro Cruz. Além do trapézio, os artistas farão apresentações no tecido e na lira, acrobacias de solo e malabares. Um mágico vai fazer intervenções de hipnose e outros truques para o público. Os profissionais do circo voltam a se apresentar no domingo (8), também às 20h30.

O sábado do Gramadão termina com o som da banda Soulmates, a partir das 21h. A banda iguaçuense foi criada em 2016 e reúne músicos com diferentes trajetórias e experiências musicais, que se encontram no amor pelo blues e outros estilos relacionados a ele. A banda tem um repertório variado, que abrange desde standards e blues de raiz, passando pelo soul, jazz e chegando até ao pop contemporâneo e à música brasileira sob influência bluesística.

Oficinas de Circo

Desde o final de dezembro, o trapézio voador está instalado no Gramadão da Vila A para oferecer oficinas de circo à população e dar a “sensação de voar” a pessoas de qualquer idade. As aulas acontecem todas as semanas, das quartas-feiras aos domingos, até o dia 28, quando termina o Festival. As atividades têm a monitoria especializada de profissionais da Circocan e podem ser praticadas por crianças a partir de cinco anos e adultos de todas as idades, sem necessidade de experiência.

A grande atração é o trapézio voador, uma estrutura de 10 metros de altura por 20 metros de comprimento, que permite às pessoas saltarem no trapézio, com a ajuda dos monitores. Esta é a única estrutura deste porte no País e disponível ao público de forma gratuita.

No chão, as pessoas poderão ter contato com outras atividades circenses: equilíbrios sobre as mãos, oficina de malabares e acrobacias áreas (no tecido e na lira) e no solo. “É como se fosse uma arena de circo com as atividades acontecendo ao mesmo tempo”, resume Pedro. A previsão é atender 200 pessoas por dia em todas as atividades.

Circocan

Com sede em Curitiba e Florianópolis, a Circocan tem 13 anos de experiência e é uma das poucas empresas do Brasil a contar com um trapézio voador. “É uma estrutura grande, que depende de uma grande lona para apresentações”, explica Pedro. “O Cirque du Soleil, por exemplo, tem 20 shows no mundo todo e só dois deles têm o trapézio”.

Há quatro anos, a estrutura é montada no acampamento de verão Med-O-Lark, no estado de Maine, Estados Unidos, onde atende 150 crianças. O trapézio voador também faz parte da estrutura da escola em Florianópolis, onde é ensinada a arte do circo para cerca de 70 alunos.

ApresentacaoCircocanGramadao

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz